Menu Principal
Mar de Minas
Barragem Lago de Peixoto Pesquisar Pesquisar
Sobre
Sobre
Anuncie no Guia do Lago de Peixoto

Saiba Mais

O Lago de Peixoto

Barragem do Lago da Usina Marechal Mascarenhas Moraes<br><br><br> -

Barragem do Lago da Usina Marechal Mascarenhas Moraes


O Lago de Peixoto oferece uma experiência única para os amantes da natureza e da aventura. A região no entrono do lago é um destino perfeito para quem busca tranquilidade ou emoção. O Lago de Peixoto é formado pelo represamento das águas da bacia hidrográfica do Rio Grande, através da construção da barragem da Usina Hidrelétrica de Peixoto, hoje chamada Usina Hidrelétrica Marechal Mascarenhas Moraes.  

Com cerca de 280 km² de área e 710 km de perímetro, o Lago de Peixoto conta com diversas opções de pousadas, hotéis e chalés, que oferecem conforto e tranquilidade para uma estadia inesquecível. Os 5 municípios banhados pelo Lago de Peixoto oferecem uma grande variedade de opções para se deliciar com a típica culinária mineira da região.  

E para facilitar a busca de atrações, produtos e serviços turísticos, o Guia do Lago de Peixoto conta com um design moderno e intuitivo, permitindo que você encontre facilmente as informações que procura. Além disso, disponibilizamos um sistema de pesquisa avançado, para que você possa encontrar as informações que precisa com eficiência e rapidez.  

 

 

 

Pesquisar  

Atrações  

Onde Ficar  

Onde Comer  

O Que Fazer  

Comércio  

Serviços  

 

 

 

História  

No final da década de 1940, a possibilidade de escassez energética ameaçava o desenvolvimento no Sudeste do Brasil. Com isso, a Companhia Paulista de Força e Luz (CPFL) conseguiu em 1950 a concessão para construir uma usina hidrelétrica próximo a cidade de Ibiraci, em Minas Gerais. Em 1952 foi o início das obras da usina hidrelétrica de Peixoto, que entrou em operação em 1957 com duas turbinas, gerando de 40 MW cada. Em 1960, já com quatro unidades em operação, Peixoto contava com 192 MW de capacidade instalada.  

Em dezembro de 1968 a usina hidrelétrica de Peixoto mudou de nome, passando a chamar Usina Marechal Mascarenhas de Moraes. Em 1º de agosto de 1973, por determinação da Eletrobras, a usina passou a ser operada por Furnas Centrais Elétricas. A Usina Marechal Mascarenhas de Moraes passou por modernizações e atualmente a conta com dez turbinas, alcançando a capacidade de gerar 476 MW.  

 

 

 

Mapa do Lago de Peixoto  


Subir